A Teoria da Vaca – Um Exercício de Lógica

Posted in Artigo by Colaborador on 25/10/2007

Sendo contemporâneo daquele velho seriado O Túnel do Tempo, desde garoto as idéias de viagens no tempo me fascinaram – e quem não sente o mesmo ? Anos atrás, após a leitura do livro A Máquina do Tempo, de H. G. Wells, formei uma idéia que chamei de Teoria da Vaca, baseado no fato de que a maioria dos filmes e livros que tratam do assunto sempre fazem essas viagens com um grande espaço de tempo entre presente e passado (ou futuro), o que dificulta a análise lógica. Leve-se em conta que o físico inglês que ocupa a cadeira universitária que foi de Isaac Newton, Stephen Hawkings, declarou há pouco tempo que passava a aceitar, em níveis teóricos, a possibilidade de viagens no tempo.

Pois bem, dentro do campo lógico que a Física Newtoniana nos oferece, analisemos uma volta a um passado de apenas algumas horas. Para isso, imaginamos um horário qualquer, digamos, 15h00:


15h00 – Algumas pessoas tomam de uma vaca e a matam para fazer um churrasco. Churrasco pronto, essas pessoas consomem a carne. Após isso, fazem uma curta viagem ao passado voltando ao mesmo local, porém, às 14h50. Pergunta-se: O que acontece com a carne da vaca?

Possibilidade 1: A vaca está viva e as pessoas estão de estômago vazio.
Conclusão: Se a vaca e as pessoas voltaram à condição que tinham naquele horário, então viagens ao passado somente são possíveis até o momento da concepção da pessoa que está viajando, e ela sempre estará de posse da condição que tinha naquele momento, ou seja, se voltar à época em que tinha 5 anos, estará com 5 anos. O grupo de pessoas fará, portanto, parte do passado. Elas não poderão ter uma visão “externa” de si próprios, pois não estarão “vendo” o passado, mas sim vivendo-o.

Possibilidade 2: A vaca está viva e as pessoas estão de estômago cheio.
Conclusão: Estando a vaca na condição que tinha anteriormente e as pessoas na condição atual, então elas não fazem parte do passado. Uma das duas entidades, ou a vaca ou as pessoas, é apenas energia já que um corpo – a carne da vaca – não pode ocupar dois espaços distintos ao mesmo tempo. Por conseguinte, essas pessoas podem ver o passado, mas não podem alterá-lo. Elas podem ver como eram naquele momento, ou seja, existem dois conjuntos de pessoas – as do passado e as que estão viajando.

Possibilidade 3: A vaca não existe mais e as pessoas estão de estômago cheio.
Conclusão: Não houve uma volta ao passado, mas tão somente, uma alteração no tempo. Essa é uma distinção sutil que poucos levam em consideração: é necessário estabelecer a existência do passado e sua forma – matéria ou energia – para que se possa pensar. Se for matéria, existe a possibilidade de ser alterado e até vivido; se for energia, não pode ser alterado e se mostrará como uma “visão” apenas. Lavoisier já dizia que “na natureza nada se cria, nada se perde; tudo se transforma” o que significa que o fluxo do tempo implica em transformação da matéria. Logo, o passado, se existir, tem necessariamente que ser energia e, portanto, não pode ser alterado.

Por que o passado, se for energia, não pode ser alterado ?
Porque, mesmo que se possa alterá-lo, sendo ele energia, não tem como influir no presente, que é matéria. Portanto, sua alteração não geraria modificações visíveis.

Possibilidade 4: A vaca não existe mais e as pessoas estão de estômago vazio.
Conclusão: A viagem ao passado funciona apenas para a pessoa que está viajando, não influindo sobre o que está ao seu redor. Em outras palavras, só ela volta ao passado. Essa possibilidade desnuda um paradoxo existente em quase todos os filmes e livros que se centram nesse enredo: o sujeito entra em uma máquina qualquer e “volta ao passado”. Ora, da forma como normalmente é apresentado, o que acontece é que a máquina isola o sujeito e faz o universo voltar ao passado. Tem, portanto, uma ação externa de força descomunal, vez que consegue agir sobre todo o universo. Mais uma vez, a extensão da viagem seria limitada até a concepção das pessoas que estão viajando.

***

Todas essas conclusões geram inúmeros outros corolários. Considere-se, ainda, que foi isolado o fator Espaço. Se imaginarmos essas viagens variando-se o Espaço e o Tempo, as Possibilidades e Conclusões seriam de número muito maior.

Não se tem aqui a intenção de fazer análise daquilo que é ficção. Ficção é entretenimento e por isso não carece de lógica. Mas penso que o exercício lógico é muito interessante e, às vezes, inevitável.

Por João Arnaldo da Silva

About these ads
Tagged with: ,

16 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Mary said, on 25/10/2007 at 2:32 pm

    Li e no fim fiquei confusa, a vaca esta viva ou não…..

    bem legal o topico….

  2. mona lisa budel said, on 25/10/2007 at 7:08 pm

    … em Matrix … o oráculo insistia, lembre-se ” A colher, não existe “

  3. Rose said, on 28/06/2008 at 9:56 pm

    Alguém sabe a reeposta?
    o pai do padre é filho único de meu pai,o que eu sou do padre?
    a)irmão
    b)avô
    c)tio
    d)pai
    e)nada

  4. Emmanuel Damasceno said, on 29/06/2008 at 4:09 pm

    bom, suas teorias são muito boas…
    mas bem a minha é a seguinte:

    vemos o tempo como uma linha dividida em presente, passado

    mas na verdade eu vejo o tempo como um circulo ou um monte de rabisco(uma forma abstrata).
    porque?
    pelos seguintes motivos:
    *se fosse uma reta onde começaria?onde terminaria?o que veio primeiro? sem respostas ou melhor uma reta não tem começo nem fim ,e se for uma semi-reta não tem fim ,e se for um seguimento de reta onde começa e onde acaba?quem fez tudo?
    como você mesmo disse: “Lavoisier já dizia que ‘na natureza nada se cria, nada se perde; tudo se transforma’. estamos aqui desde o começo de tudo e estaremos até o fim. porém modificados. então eu cheguei a conclusão de que não existe passado nem futuro. fazemos o tempo a cada segundo. não é o tempo que passa por nos, somos nós que passamos por ele.
    vlw.

  5. fulltechNo said, on 23/07/2008 at 3:08 pm

    Rose

    o pai do padre é filho único de meu pai,o que eu sou do padre?
    A Vaca…
    Acertei???
    brincadeira…

    vc eh o pai…=]

  6. toni said, on 20/08/2008 at 9:07 pm

    Ah eu acredito em tudo mas sinceramente essa coisa da viagem ao passado é o maior absurdo jamais idealizado pela humanidade, e sinto um arrepio nas entranhas quando imagino que aqueles que muitos consideram as “maiores mentes” deste planeta, sequer ponderam tal absurdo, enfim é triste…fixam-se tanto nas teorias e equações e ignoram a logica e o bom senso mais elementares…
    Ate acredito que um dia possamos ver o passado como ja vemos o passado das estrelas quando olhamos para elas, e acredito que possamos abrandar o “tempo” (nem que seja congelando-nos) e viver no futuro, mas nem isso seria propriamente viajar seria apenas “passar ao lado do tempo” …mas agora ao passado? hehe enfim…isso so é digno de Qis abaixo de zero sinceramente e eu pessoalmente tenho mais respeito por quem acredita que o bush é um alien.

  7. ANNA said, on 25/07/2009 at 10:47 am

    Mto interessante essas teorias, mas o mais importante não foi explicado…COMO podemos viajar no tempo????

    Alguem saberia me dizer???

  8. alexandra said, on 02/10/2009 at 3:49 pm

    Boa tarde!

    Vocês só podem ser uma grupo de gente louca!

  9. Tatiane said, on 20/10/2009 at 12:30 pm

    O da Vaca Não faço a Minima ideia.

    Mais se o pai do padre é filho unico do meu pai…
    Mais obvio deque eu sou o pai do padre e filho unico do meu Paii

    Hehee Acho que acretei né…

  10. André said, on 11/08/2010 at 2:26 pm

    Não sou fisico mas gosto muito do tema e tenho uma opinião diferente.

    O corpo da vaca,como qualquer outro corpo passa por transformações ao longo do tempo,você não tem o mesmo corpo que tinha ontem,reações ocorreram que modificaram,ainda que minimamente sua composição organica. Dito isto penso que o corpo da vca as 14:00hrs e as 15:00hrs podem não ser os mesmos e não o sendo podem ocupar o mesmo espaço.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 122 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: