Mutantes, mas nem tanto

Posted in Música by Colaborador on 13/06/2007


Os Mutantes - Balada do Louco

 

Quem disse que os Mutantes morreram? Tá certo que sofreram algumas modificações físicas devido ao tempo, afinal são mutantes. Sérgio Dias, Arnaldo Baptista e Dinho cantam novamente ao lado de uma mulher, não mais com longos cabelos vermelhos, e sim com cabelos curtos e castanhos.

A banda voltou com toda a irreverência e espontaneidade que existia na formação original. Desta vez de Zélia Duncan no lugar de Rita Lee, avó do rock brasileiro. O show de estréia ocorrido no dia 22 de maio de 2006 em Londres, Inglaterra, deu origem ao DVD gravado pela Sony BMG.

Como amante da banda e de todo o movimento tropicalista, ocorrido no final da década de 60, duvidei que a nova formação ficaria boa. Como podem tentar substituir Rita Lee? Mas resolvi dar uma chance ao DVD que chegou em minhas mãos emprestado pela Mayella, e confesso que superei totalmente minhas espectativas.

Já na abertura do show, os integrantes do “Embrião do Rock” brasileiro mostraram que, mesmo depois de trinta anos sem pegar nos instrumentos que os fizeram famosos, sabem fazer o bom e velho rock psicodélico que influenciou toda uma geração.

Arnaldo e Sérgio entraram no palco fantasiados e abriram com “Dom Quixote” e “Viajante noturno”. Entre as 21 músicas estão as mais importantes dos cinco primeiros CDs e algumas do cd “Technicolor”, em inglês. Além disso, o DVD ainda conta com os extras, que são sempre divertidos.

O mais interessante do show, e o que me fez gostar da banda ainda na formação original, é ver a felicidade com que eles interpretam as canções. Mesmo depois de anos, eles ainda conseguem transmitir a mesma “alegria, alegria” que interpretaram “Domingo no parque” no 3º festival de música da Record, ao lado de Gilberto Gil.

Zélia Duncan me surpreendeu, é verdade. Acredito que ela está em sua melhor forma. Cantou, pulou e se divertiu ao lado dos vovôs do rock brasileiro, e mostrou que, mesmo sem Rita, a banda não perde sua essência.

Então, se você quer ouvir um rock psicodélico brasileiro de qualidade, não hesite em ir à procura do DVD e se deliciar com o mesmo. Ou, se não quer ir atrás, pelo menos deixe de ser preguiçoso(a) e procure no youtube as músicas do Show.

[+] Site oficial dos Mutantes

[+] Site do Tropicalismo

 

Download: Discografia dos Mutantes

 

Felipe da Costa
Que curte Mutantes

Anúncios

8 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Carlos Magagnin said, on 13/06/2007 at 2:05 pm

    Olá felipe concordo com vc quem qur ouvir o verdadeiro rock ouça Mutantes . Um som muito louco, doido, mas de qualidade claro com algumas mudanças do original, mas ainda muito louco. Abraços….

  2. Sal said, on 13/06/2007 at 2:24 pm

    mutantes é duca!!!!
    referência de boa e ousada música!
    experimente quem não conhece! irá se surpreender!
    belo post felipe! uma das bandas mais geniais e originais que surgiu no cenário nacional!
    abçs
    sal

  3. Felipe said, on 13/06/2007 at 2:35 pm

    Obrigado pessoal!
    Valeu pelo Post!

  4. Marina said, on 13/06/2007 at 3:40 pm

    deu vontade de ver este dvd!
    adoro mutantes…
    fiquei com o mesmo pré-conceito em relação a Zélia Duncan, não por não gostar dela, mas a Rita Lee é única.
    quando tiver oportunidade também vou experimentar Ypes!
    O engraçado foi a estréia ser em Londres…

  5. pandini said, on 13/06/2007 at 4:44 pm

    Bem legalll o texxto Ypê! Depois quero ver o dvd!

    Abraço!

  6. sal said, on 13/06/2007 at 5:30 pm

    marina, nada de extraordinário a estréia em londres. eles são muito conceituados na europa. o público brasileiro em londres é grande. acho que foi um aquecimento para a turnê brasileira! afinal, era uns 30 anos parados.

  7. Renara Almeida said, on 13/06/2007 at 8:13 pm

    Bom, vou precisar assistir a esse DVD porque ainda não acredito na possibilidade de substituirem Rita Lee.

    🙂

  8. Jeffeh said, on 14/06/2007 at 12:17 pm

    Alterações nos clássicos são sempre difíceis de serem aceitas, e raramente funcionam. Afinal, a possibilidade de melhorar algo que já atingiu seu ápice de perfeição é impossível. Acredito que a escolha de por Zélia Duncan nos vocais foi bastante inspirada. Fazendo uma releitura do clássico em forma contemporânea, mas sem modificar a essência “Cool Rocker Chick”, passada originalmente por Rita Lee.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: