Chega de saudade? Não…

Posted in Música by Colaborador on 15/06/2007

 

O Brasil nunca vai deixar de sentir saudade de um dos grandes mestres da Bossa Nova, Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim.

O maestro e compositor morreu aos 67 anos, em dezembro de 1994. Tom Jobim participou diretamente de uma das maiores revoluções musicais ocorridas no Brasil.

A mistura do samba e do Jazz resultou no que chamamos hoje de Bossa Nova.

Carioca nascido no bairro da Tijuca, Jobim compôs a prova de amor pela cidade maravilhosa. Ele cantava que “esse samba é só porque, Rio eu gosto de você”.

Nos anos dourados, Tom Jobim tocava e cantava seu corcovado, Copacabana e a coisa mais linda que ele já viu passar.

Mas o Rio não era sua única paixão. As mulheres não ficavam fora das canções do mestre. Fosse descrevendo a visão da Garota de Ipanema, perguntando de Ana Luiza, se apaixonando por Bebel ou mesmo cantando as águas de março com Elis Regina.

O Brasil e o Mundo, nunca dirão chega de saudade, pois tom Jobim é e sempre será o grande mestre da bossa nova.

Quando o Brasil lembrou a morte de Tom Jobim, ele completaria 80 anos em janeiro desse ano, escrevi para o nosso programa de rádio (o Mix Cultural, nosso porque quem produz e apresenta somos Eu, Breno e Helena, que já postaram antes aqui) uma homenagem para o grande mestre da música no país. Como dia 15 de junho é o dia do compositor resolvi dar uma melhorada no texto e mandar para o blog.

Lembro que, no Festival de Música de Itajaí do ano passado, a 9ª edição, fui assistir o show da cantora de jazz e blues, Leny Andrade. Me emocionei, assim como a maioria das pessoas que estavam no Teatro Municipal (lotado por sinal), quando ela começou a falar de como soube da morte de Tom Jobim. Leny estava em New York, (chiquérrima), fazendo shows, mas já morava nos States, quando um padre, amigo dela, convidou para cantar em uma missa. Ele disse que tinha que ser uma música do Tom. Ela achou estranho “cantar uma música brasileira, em português, bossa nova, em uma missa?!”. Pois é, ela ainda não sabia. O padre falou ainda pelo telefone, que queria fazer uma homenagem, uma missa de sétimo dia. Leny foi e disse que nunca tinha visto uma Igreja tão cheia, todos cantando e homenageando Tom Jobim. Depois ela cantou a música, que agora não me recordo qual é, mas foi de arrepiar.

[+] Clube do Tom

[+] Site UOL do Tom Jobim

Amanda Weber
Que fica muito triste cada vez que lembra quanto músico bom já se foi e quanta porcaria restou!

Dance com o Shrek

Posted in Cinema, Música, Vídeo by Colaborador on 15/06/2007

 

DOWNLOAD

Shrek

Soundtrack Oficial do Filme

Faixas: 1. Eels – Royal Pain; 2. The Ramones – Do You Remember Rock N Roll Radio?; 3. Led Zeppelin – Immigrant Song; 4. Fergie – Barracuda; 5. Wings – Live And Let Die; 6. Matt White – Best Days; 7. Wolfmother – Joker And The Thief; 8. Trevor Hall – Other Ways; 9. Harry Chapin – Cats In The Cradle; 10. Eels – Losing Streak; 11. Macy Gray – What I Gotta Do; 12. Eddie Murphy And Antonio Banderas – Thank You (Falletin Me Be Mice Elf Again); 13. Maya Rudolph And Rupert Everett – Final Showdown; 14. Harry Greggson – Williams – Charmings Plan.

Hoje é a estréia nacional de Shrek Terceiro.
Curta aqui as músicas e trechos dos três longas de animação.

(more…)