Roube esta idéia: Metrôs movidos à energia eólica

Posted in Artigo by Colaborador on 23/06/2007

 

 

Texto: Nicholas Felton
Original: Good Magazine
Tradução: Gabriela Azevedo Forlin

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, anunciou recentemente um plano massivo para aumentar drasticamente o nível de sustentabilidade da cidade até 2030. Aqui está uma idéia que poderá ajudar a Big Apple alcançar seu objetivo. E é grátis.

A idéia:

A cada ano, o sistema de metrôs de Nova York utiliza 1,8 bilhões de kilowatt/hora sendo, sozinho, o maior consumidor de energia elétrica da cidade. Que tal se as MetroCard oferecessem a opção de pagar uma pequena quantia por uma viagem movida a vento e que não polui, ao invés da tradicional hidroeletricidade, energia nuclear ou proveniente de combustíveis fósseis?  

Como poderá funcionar: 

Para os usuários residentes em NY, a ConEdison (a única companhia elétrica da cidade) cobra 2.5 centavos adicionais por kilowatt/hora para usar energia eólica. Em média, uma viagem de metrô consome 1,2 kilowatt/hora de energia (baseado nas 1,5 bilhões de viagens em 2006), o que significa que o custo extra da energia eólica é de 3 centavos a viagem – uma alta de 1,5% da taxa normal de 2 dólares. 

O que siginifica: 

Com um aumento de 1,5%, um passe ilimitado de sete dias custaria 24,36 dólares (ao invés de 24), e um passe ilimitado de 30 dias custaria 77,14 dólares (ao invés de 76). Considere que o custo extra é de 5%: os preços subiriam para 25,20 e 79,80 dólares, respectivamente. Um aumento de 5% por viagem com uma colaboração de mais 10% poderia injetar cerca de 15 milhões de dólares, anualmente, no “mercado eólico”.

Anúncios

Mais do que palavras

Posted in Imagem by Colaborador on 23/06/2007