Money!

Posted in Comportamento, Música, Relato by Colaborador on 26/02/2008

Caros Amigos,

Ontem à noite, a lua cheia banhava a Pedra da Gávea e se espalhava pelo mar. Céu azul, poucas nuvens, o mar desaparecendo no horizonte. Fiquei romântico. Vou falar sobre algo que une fortemente os seres humanos no corpo e na alma:

DINHEIRO!!!

Esta é a história de Money (That’s What I Want), composição de 1959 e primeiro sucesso da gravadora Motown, que foi fundada em Janeiro de 1959 por Berry Gordy com um empréstimo de US$ 800,00.

De acordo com a história, após um dia de trabalho, estavam todos no estúdio trocando idéias enquanto Berry repetia insistente um ritmo no piano, gritando aos outros: “Me dêm alguma coisa, me dêm alguma coisa!”

Berry pedia que alguém jogasse alguma frase, algo que pudesse ser usado como parte da letra, como complemento do ritmo que ele “batucava” no teclado.

Janie Bradford gritou: “Money, that’s what I want!!!”

O cantor, pianista, compositor e arranjador Barrett Strong por sua vez, arrancou Berry do banquinho e começou a tocar o acorde.

Nascia o primeiro sucesso e o primeiro clássico da Motown.

Barrett Strong gravou e a música chegou aos primeiros lugares e foi lançada mundo afora. Barrett nunca se sentiu confortável como cantor. Seu negócio era tocar piano e compor e isso ele fez com classe.

Barrett é autor ou co-autor de clássicos como “I Heard It Throught The Grapevine” (Gladys Knight e depois um dos maiores sucessos de Marvin Gaye), Just My Imagination (gravada pelos Temptations e pelos Rolling Stones), Cloud Nine (Temptations) e War (esta última sucesso de Edwin Starr e gravada até por Bruce Springsteen em 1985).

Na Inglaterra, um grupo de jovens também ouviu Money (That’s What I Want) e a gravaram em 1963. Eles eram conhecidos como The Beatles, sim, sim, eles!

Money (That’s What I Want) voltou a ser gravada e voltou às paradas em 1979 numa versão no mínimo peculiar com o grupo de “New Wave” inglês, The Flying Lizards, que misturava sons eletrônicos com a voz fria da vocalista, lembrando mais um robô do que um ser humano.

Por seu lado Berry Gordy tornou-se um dos homens mais importantes da indústria de música em todos os tempos. A Motown foi a primeira gravadora de música negra a penetrar fundo no mercado branco.

No início, as capas dos discos traziam ilustrações ao invés de fotos dos artistas, já que muitas lojas se recusavam a estocar produtos de negros.

Mas, contando com Smokey Robinson & The Miracles, Diana Ross & The Supremes, Martha & The Vandellas, The Temptations, “Little” Stevie Wonder, Marvin Gaye, The Four Tops e anos mais tarde, The Jackson Five que incluía a atual aberração Michael Jackson, a gravadora Motown abriu portas para um mercado sem limitações racistas e escreveu um capítulo único na história da música.

Por ser tratar de algo que une os corações humanos, três versões de Money (That’s What I Want), a original de 1959 com Barrett Strong, a de 1963 com eles: The Beatles, e a versão pseudo-eletrônica de 1979 do Flying Lizards.

Vejam os vídeos com paciência, a qualidade não é das melhores, mas o do Flying Lizards chega a ser engraçado.

Infelizmente não encontrei vídeo de Barrett Strong.

The Beatles

The Flying Lizards

Money (That’s What I Want) – DOWNLOAD
(Bradford/Gordy)

The best things in life are free
But you can keep them for the birds and bees
Now give me money
That’s what I want
That’s what I want, yeah
That’s what I want

You’re lovin’ gives me a thrill
But you’re lovin’ don’t pay my bills
Now give me money
That’s what I want
That’s what I want, yeah
That’s what I want

Money don’t get everything it’s true
What it don’t get, I can’t use
Now give me money
That’s what I want
That’s what I want, yeah
That’s what I want, wah

Money don’t get everything it’s true
What it don’t get, I can’t use
Now give me money
That’s what I want
That’s what I want, yeah
That’s what I want

Well now give me money
A lot of money
Wow, yeah, I wanna be free
Oh I want money
That’s what I want
That’s what I want, well
Now give me money
A lot of money
Wow, yeah, you need money
Now, give me money
That’s what I want, yeah
That’s what I want

Mick Wilbury (Miguel Aranega)
Que escreveu esse texto dia 20/02, torcendo por sua amiga Ana

Anúncios
Tagged with:

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Marina said, on 27/02/2008 at 11:59 am

    Música mais sincera impossível, é o que todo mundo quer mesmo.
    haha

  2. Sal said, on 27/02/2008 at 10:16 pm

    GRANDE CLÁSSICO DO “ROQUENRROL”!
    A VERSÃO DOS BEATLES É MATADOURA. TENHO UMA VERSÃO PIRATAÇA COM THE DOORS TB QUE É O OURO!
    BACANA O TEXTO CUMPADI!!!!

  3. Fábio Ricardo said, on 29/02/2008 at 5:26 pm

    Money que é good nóis num révi. Se nóis revásse nóis num tava aqui workando.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: