Ex viado existe sim!

Posted in Comportamento, Literatura, Relato by Colaborador on 04/04/2008


Música para rebolar…

Na verdade esse texto é mais um pedido de desculpas do que um texto de qualquer sobre sexo que vocês estão esperando de mim. Afinal, eu criei uma dúvida, confirmei essa dúvida, e agora tenho a obrigação de desmentir essa confirmação para todos meus amigos.

“Afinal, o Rebolativo é bixa ou não?”. Essa foi minha dúvida durante três anos. Aliás, três longos anos. No começo, a gente olhava, analisava, e preferia chegar a conclusão que era o estilo dele. Aquele cabelo bagunçadinho, sempre de preto branco ou bege, jeito discreto e com um rebolado que falta em muita aspirante a dançarina do créu. Uma aproximação rápida há mais de um ano, dei em cima sem muito sucesso até que: namorando no orkut. Pronto, a dúvida tinha evaporado. Tá certo que muita gente não acreditou. Mas eu sou daquelas que acredita no que vê, então… Esse ano, por ironia do destino, ele cai de paraquedas em minha vida. Um barzinho, uma volta pra casa na Praiana, e uma notícia bombástica de uma amiga: “Ele é gay sim! Eu já vi ele ficando com váriOs”. Sim, meu mundo desabou ali. Por que depois de tanto tempo vem alguém e desenterra essa dúvida de mim? Aliás, por que depois de tanto tempo vem alguém e me dá essa resposta? Lógico que como uma boa fofoqueira assumida, eu contei pra todo mundo que ele era definitivamente gay, e que a resposta vinha de fonte seguríssima. Bah, o que eu não imagina era a repercussão que isso teria entre os demais fofoqueiros de jornalismo. Conformada com a situação, por que não ser amiga do bixinha? Eles são tão fiéis né?

Acontece que mês passado, teve um pagodinho por aí.. e adivinhem!! Eu peguei o rebolativo! Ninguém acreditava. Muito menos eu! A idéia de ter ficado com ele, imaginando que o amigo que estava junto era o namoradinho, era uma coisa muito complexa pra mim. Mas, o que mais importava era que finalmente eu tinha ficado com ele. 🙂

Mas, como a dona Helena não sossega, outra dúvida surgiu. Ele dá ou come? Bah.. isso deu o que falar. Todo mundo que dizia, que seria melhor se ele comesse. A Julinha ainda dizia que era LÓGICO que o melhor era ele comer, pois assim, se ele me comesse, seria por instinto. Eu, como minoria, preferia que ele fosse a mulherzinha da relação. Lógico! Pensem comigo: Ele dá. Gosta de dar e é acostumado a dar. Se ele me comesse, seria um mérito meu! Se ele é bixa e come uma mulher, nossa, não tenho nem palavras pra descrever essa vitória. Eu rezei tanto que deu certo. A mesma fonte seguríssima me contou que ele era passivo. Palavras estas, ditas da boca do próprio Rebolativo. Nossa que alívio. Juro! A Julinha ficou indignada né, como o resto. Piadinhas e comparações não faltaram. Resumindo: eu “amava” uma bixinha.

MAS, quem me conhece sabe muito bem o quanto eu sou desconfiada, e sempre acho um furo nas histórias que me contam. Primeiro, a fonte seguríssima não tem o Rebolativo no orkut. Segundo, ela nunca dá oi pra ele quando passa no corredor. Porra, a pessoa tem que ser muita amiga pra ganhar uma confissão do tipo “sou passivo” né?!!! Mas não pensei duas vezes. Perguntei logo pro meu bixinha se ele conhecia a fonte seguríssima. Resposta? Não!

Gente, meu sangue ferveu! Eu jurei de morte aquela criatura que tinha brincado com uma coisa tão seria pra mim! E quem passa no corredor justamente no momento da jura de morte? Aham, a fonte. Bom, pra quem viu, foi uma cena inesquecível. Não vou contar toda a conversa porque palavras não são suficientes.. tem coisas que eu só conto se puder representar! Senão perde toda a graça.História tirada a limpo, era hora de falar com minha bixinha né?! Contei pra ele o pequeno mal entendido e tive a simples e feliz resposta “Não sou viado”. Não preciso de mais nada… por enquanto!

Sobre o Rebolativo? Não é viado, até que ele me prove o contrário.

Helena Schröder
Que “ama” o Rebolativo até mesmo se for assexuado.

Anúncios

5 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Marina said, on 04/04/2008 at 11:35 pm

    Helenaaaaa eu quero saber mais!
    Adoro bafões do jornalismo! hahahahaha
    Tô aqui imaginando quem é o Rebolativo.
    hahahaha

    Escreva mais sobre suas experiências, são divertidas…

  2. Fabieli said, on 05/04/2008 at 2:35 pm

    hahahahahahahahaha
    eu vi a cena! ushudihsiuhduhuisd
    vi a conversa hahah e o super depoimento dele…
    “não sou viado!”
    enfim, erros acontecem né nena?!
    suhdshuhiuhudshusidhuhsudiuhsduhiushuids

    ameeeeei o texto!

  3. Gabi e Vini said, on 09/04/2008 at 6:44 pm

    só uma coisa:
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    o melhor é a tua sinceridade né?! queria ter visto a cena… “olha, eu espalhei pra metade da faculdade que tu é viado”
    hahaha

  4. Julinha said, on 10/04/2008 at 1:24 am

    Pois é…o rebolativo quebrou a teoria do meu cabeleireiro: “Depois que tu prova carne de viado tu nunca quer mais saber de carne de galinha”!! hahhahahahhahahaha

    Imagina a cara dele de “Voce está obviamente duvidando da minha masculinidade!” hahahhahahahhaha

    Viva a volta ao marisco (ou apenas a comprovação de machice do Rebolativo)! E viva a cara de pau da Nena !!

  5. Wii said, on 12/04/2008 at 3:37 pm

    Acho o termo ‘viado’ um tanto ofensivo.
    E, o modo como uma pessoa age, nada tem a ver com sua orientação sexual.
    São os estereótipos que geram preconceito.

    ;]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: