WQS – Etapa Praia Brava

Posted in Notícia by Sal on 16/10/2008

Ariston Sal Junior

Foto: Ariston Sal Junior

Desde terça-feira passada, dia 14, até o próximo domingo, dia 19 de outubro, competidores de todos os cantos do planeta disputam as ondas na 38ª etapa do WQS – World Qualifying Series – o evento com status de 6 estrelas e devidamente aprovado pelo órgão internacional ASP – Association of Surfing Professional, que acontece na Praia Brava, em Itajaí.

Willian Cardoso, atleta de Balneário Camboriú, tem grandes chances de conquistar o título. Ele conseguiu a 3ª colocação na fase disputada na Praia do Arpoador-RJ, no último final de semana, onde o evento teve início. “O fato de estar em casa, competindo com a torcida do nosso lado é bem importante. Só tenho a melhorar. As ondas aqui na região são muito favoráveis para o surf. Todo os competidores estão indo bem, ta dando altas ondas”, anima-se Willian que conta que o evento só não está maior por conta de outro campeonato. “Esta semana está acontecendo um campeonato nas Canárias [ilha açoriana], com o mesmo nível, a mesma premiação, aí a galera ficou um pouco dividida. Mas para nós brasileiros é muito mais importante competir em casa, ao lado da torcida e somar os pontos valiosos para continuar na briga pelo WCT”. Os 16 melhores colocados ganham o direito de disputar a elite do surf mundial, o WCT (World Championship Tour).

Ariston Sal Junior

Foto: Ariston Sal Junior

O WQS segue suas etapas no decorrer do ano, somando 35 no total. Elas ocorrem em diversas cidades pelo mundo. “Na semana que vem tem em Ubatuba e depois o WCT em Ibituba, então essa é uma etapa bem forte, uma das maiores do circuito”, explica o surfista de Balneário Camboriú. O promotor do evento, Bira Schaufert conta também que a etapa de Itajaí é uma das mais importantes e a classificação seis estrelas garante maior premiação e número de pontos para o ranking mundial. O local onde o vento acontece é caracterizado pela sua beleza natural, forte ondulação de leste, com 3km de extensão de praia, repleta de mata atlântica e água cristalina. Além de abrigar duas casas noturnas, tradicionalmente conhecidas pelas baladas eletrizantes, o que irá garantir, é claro, o agito noturno da turma que participa do circuito.

Ariston Sal Junior

Foto: Ariston Sal Junior

Willian Cardoso, que está no 2º round, na 16ª bateria, ainda não havia competido no circuito quando o entrevistei. O atleta ocupa hoje a 40ª posição no ranking, de onde se classificam 15 surfistas para o WCT. “Eu fiquei machucado dois meses e perdi bastante etapa, então eu tenho pontos baixos para trocar e tenho essas duas etapas no Brasil ainda para trocar e tentar conseguir a vaga. Dá para buscar, com certeza. Pelos meus cálculos eu preciso de 5 000 pontos, são 1250 em cada etapa, tudo que vier vai ajudar”, explica Willian, surfista que tem orgulho em representar a cidade de Balneário Camboriú pelo mundo.

Ariston Sal Junior

Foto: Ariston Sal Junior


Ariston Sal Junior
Repórter de um evento de surf por um dia

Anúncios
Tagged with: ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: