Site lista nove coisas legais que a internet arruinou

Posted in Blog by Joel Minusculi on 07/04/2009

O site OMGLists em um acesso de nostalgia elaborou uma lista (o que na internet é coisa muito comum) com nove coisas bem bacanas do passado, quando a vida existia sem internet banda larga e as pessoas eram felizes. Para os idealizadores do site a lista abaixo não voltam mais, pois foram arruinados pela grande rede mundial.

0919. Rick Astley
“Never Gonna Give You Up” foi o maior hit do cantor Rick Astley, “era idiota o suficiente para rirmos dele, mas ainda assim grudento o bastante para cantarmos bêbados no karaokê”, entrega o site. Isso foi estragado quando algum infeliz resolveu publicar no YouTube um vídeo que parodiava a música. O irritante clipe Rick Roll virou um fenômeno na web e, para o pessoal do OMGLists, acabou com a graça de ouvir a declaração de amor de Astley.

088. Assistir a TV com outras pessoas
O hábito de assistir televisão era um evento que unia as pessoas em volta do aparelho. Hoje, com a velocidade da banda larga, os torrents e tantos dispositivos móveis, como celulares, em que se pode assistir a TV, ninguém precisam mais nem de um sofá e nem de companhia. Exemplos disso são sites como o Justin.TV

077. Gatos
Um dos bichinhos de estimação mais conhecidos, ao lado dos cachorros, os gatos tinham uma rotina pacata de comer, dormir e ignorar as pessoas. Mas tudo mudou quando eles começaram a estrelar fotos com legendas engraçadas que logo viraram mania na web, em sites como o icanhascheezburger.com. hoje em dia a maioria dos donos de gatos se tornaram paparazzi sempre ávidos para registrar qualquer movimento mais estranho dos pobres felinos.

066. Pôsteres motivacionais
os pôster motivacionais eram apreciados quando se estava com a auto-estima lá embaixo. Eles eram um paliativo ao sofrimento. Mas para o OMGLists, foi a proliferação de “pôsteres desmotivacionais” na internet – com frases como “Esperança – ela pode não ser garantia a essa altura”, que faz você se sentir ridículo diante de um antiquado pôster motivacional.

055. Listas
listas, que antes eram relegadas ao hábito de ir às compras, por exemplo, hoje, com a internet, polulam em sites, blogs e afins com temas mais variados possíveis. O OMGLists, que é um site especializado em listas, reclama que ficou difícil pensar em algo que ainda não tenha sido feito.

044. Pornografia
para quem já possui uma certa idade, descobrir o mundo pornográfico era uma aventura, como o site lembra. Ocorria ao descobrir uma revista escondida debaixo da cama do seu pai ou na casa de um amigo. Com a web a pornografia se tornou algo extremamente solitário, e muitas vezes assustador, tamanha é a quantidade de vídeos amadores na rede.

033. Tom Cruise
O astro de filmes como Top Gun e Jerry McGuire era só um astro de filmes antes do advento do Youtube. Mas seu comportamento estranho em um programa da apresentadora Oprah Winfrey se espalhou pela internet e acabou com sua imagem de galã.

022. Jornalismo
“O que aconteceria se Clark Kent e Lois Lane trabalhassem para um blog? Eles estariam em seus sofás, usando apenas roupas de baixo e copiando e colando artigos”, alfineta o OMGLists, ao lembrar de um tempo glamoroso de jornalismo investigativo. Hoje, jornalistas estão dando lugar a blogueiros e fotógrafos podem ser substituídos por qualquer câmera digital e um Photoshop, lamenta o site.

011. Privacidade
As Redes sociais arruinaram em muito a privacidade de quem tem por hábito esse tipo de serviço oferecido na web. Hoje você não pode mentir sobre onde vai, com quem vai ou o que está fazendo – sempre há alguém com uma câmera e um perfil no Facebook. “Mesmo para adultos responsáveis, as linhas que separam socializar, perseguir ou invadir a privacidade de alguém são muito tênues”, conclui o site.

Ariston Sal Junior
Que adora umas listinhas

Tagged with:

Publicada lista dos discos que ‘todo homem tem que ter’

Posted in Música by Sal on 18/03/2009

Listas são sempre polêmicas. Cada um tem a sua e ponto final. Mas não é que vez ou outra são publicadas em jornais e revistas especializadas algumas curiosas, outras até mesmo interessantes? A mais recente a surgir e chamar atenção foi a da revista masculina norte-americana “Esquire”. A publicação divulgou em seu site uma lista com “75 discos que todo homem deve ter”. Mas os editores já advertem de antemão: A lista não tem nenhuma ordem específica e ela está incompleta. Mas esses são álbuns essenciais para qualquer coleção de música pop.

Diversos gêneros são abordados na lista. Punk, Soul, Hip-Hop, Rock, entre outras. Artistas consagrados como Bruce Springsteen, Beatles e Rolling Stones, aparecem ao lado de nomes mais obscuros como Luna e Explosions In The Sky. Outra curiosidade é o fato de apenas duas mulheres aparecerem na lista, Tina Turner e Liz Phair. Confira a lista:

“Darkness on the edge of town”, Bruce Springsteen
“Phases and stages”, Willie Nelson
“The Stone Roses”, The Stone Roses
“Lust for life”, Iggy Pop
“The rise and fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars”, David Bowie
“Live at the Apollo”, James Brown
“What’s going on”, Marvin Gaye
“Crooked rain, crooked rain”, Pavement
“Illmatic”, NaS
“Dire Straits”, Dire Straits
“American beauty, Grateful Dead
“Out of step”, Minor Threat
“Aftermath”, The Rolling Stones
“Paul’s boutique”, The Beastie Boys
“Led Zeppelin I”, Led Zeppelin
“Imperial bedroom”, Elvis Costello
‘The Cars”, The Cars
“Being there”, Wilco
“Destroyer”, KISS
“The bends”, Radiohead
“Gettin’ ready”, The Temptations
“Highway to hell”, AC/DC
“The dictionary of soul”, Otis Redding
“The headphone masterpiece”, Cody Chessnut
“The good, the bad, and the ugly soundtrack”, Ennio Morricone
“Blood on the tracks”, Bob Dylan
“Take a giant step/De ole foiks at home”, Taj Mahal
“Catch a fire”, Bob Marley
“MTV Unplugged in New York”, Nirvana
“The best of Mississippi John Hurt (Live at Oberlin College, 1966)”, Mississippi John Hurt
“The Traveling Wilburys, Vol. 1”, The Traveling Wilburys
“Live at the Old Quarter, Houston, Texas”, Townes Van Zandt
“Woke on a whaleheart”, Bill Callahan
“Rubber soul”, The Beatles
“The Velvet Underground & Nico”, Velvet Underground
“Workin’ together”, Ike & Tina Turner
“The Earth is not a cold dead place”, Explosions in the Sky
“True stories”, Talking Heads
“This is hardcore”, Pulp
“Appetite for destruction”, Guns N’ Roses
“In the wee small hours”, Frank Sinatra
“Sketches of Spain”, Miles Davis
“Combat rock”, The Clash
“Road to ruin”, The Ramones
“Marquee moon”, Television
“Animals”, Pink Floyd
“Doolittle”, The Pixies
“The adventures of Slick Rick”, Slick Rick
“Ready to die”, The Notorious B.I.G.
“The unreleased recordings”, Hank Williams
“Ten’, Pearl Jam
“Band of gypsys”, Jimi Hendrix
“Brighter than creation’s dark”, Drive-By Truckers
“Modern sounds in country and western music”, Ray Charles
“…And justice for all”, Metallica
“Fair warning”, Van Halen
“Reasonable doubt”, Jay-Z
“Pet sounds”, Beach Boys
“Exile in Guyville”, Liz Phair
“Look sharp!”, Joe Jackson
“Songs in the key of life”, Stevie Wonder
“Rage Against the Machine”, Rage Against the Machine
“Who’s next”, The Who
“Left to his own devices”, Vic Chessnut
“Sinfonia Nº. 5”, Beethoven
“Night beat”, Sam Cooke
“Songs of Leonard Cohen”, Leonard Cohen
“Penthouse”, Luna
“Buena Vista Social Club”, Buena Vista Social Club
“Small change”, Tom Waits
“Johnny Cash at Folsom Prison (Live)”, Johnny Cash
“Harvest”, Neil Young
“Mingus ah um”, Charles Mingus
“Sinfonia Nº. 5”, Gustav Mahler
“Grace”, Jeff Buckley

Ariston Sal Junior
Que sempre faz suas listinhas de melhor alguma coisa

Tagged with:

Leia sem moderação

Posted in Internet, Notícia by Joel Minusculi on 23/09/2007

 

Gritos e SuSSurros Urbanos traz pequenas coisas e um pequeno tratado sobre a liberdade. Leia com o clima de domingo, sem preocupação e saboreando cada palavra.

Sleek mostra como um casal marcou um encontra as escondidas com o próprio cônjuge. Leia com o seu msn desligado, para que seu par não pense que você bola algo do tipo…

Trinta&3 solta o som com a banda que manda os acordes no comercial do Fiat Punto. Leia com as caixas de som no máximo.

Yokohama, the great city, tem alguns motivos pra quebrar seu piggy-bank. Leia guiando seu mouse com um o-hashi.

RogerKrw apresenta um compêndio de quanto vale o trabalho de um jornalista. Leia sabendo que o piso dos jornalistas em Santa Catarina é R$ 1050,00.

Por onde andei está com uma contagem regressiva para o começo de uma jornada. Leia na expectativa de muitas coisas interessantes a caminho.

Mente insana levanta uma dúvida daltônica. Leia com uma paleta de cores aberta.

Tagged with: , ,